quinta-feira, julho 20, 2006

Coisas que a minha mãe me cantava...

Lá vai uma, lá vão duas,
três pombinhas a voar,
uma é minha,
outra é tua,
outra é de quem apanhar!

A criada lá de cima
é feita de papelão,
quando vai fazer as camas,
diz assim para o patrão:

'Sete e sete são catorze,
com mais sete são vinte e um,
tenho sete namorados
e não gosto de nenhum!'