quarta-feira, julho 27, 2005

Illuminati


Comprei o último livro do Dan Brown (autor do Código Da Vinci) que fala de uma irmandade que existiu em Roma no século XVI e que fazia frente à Igreja Católica: Os Illuminati. Achei curioso o seguinte:

"(...) Para se defenderem, tinham criado um pequeno mas mortífero exército. Um exército que se tornara famoso em toda a terra como protector - hábeis executores que percorriam o país e matavam todos os inimigos que encontrassem. Eram famosos não só pela maneira brutal como matavam, mas também por festejarem essas mortes mergulhando num transe induzido por drogas. E a sua preferida era um poderoso intoxicante a que chamavam hashish.

À medida que a sua notoriedade se espalhava, tinham-se tornado conhecidos por uma única palavra – Hashashin – literalmente, ‘os que consomem haxixe’. O nome Hashashin passara a ser sinónimo de morte violenta em quase todas as línguas do mundo. E continuava ainda a ser usado nos tempos modernos. Só que a palavra, como a profissão de matar, tinha evoluído.

Pronunciava-se agora assassino.”

in 'Anjos e Demónios' de Dan Brown

:D

4 comentários:

Ricardo Ramalho disse...

Uhhh. Quer dizer que assassino vem daí? LOL :P

Continua! ;)

Ricardo Ramalho disse...

E ninguém comenta o q? :P

Vá... quero ver mais posts!!! ;)

Anónimo disse...

Curiosamente esta seita fatímida, criada por Hassan-as-Sabba em 1090 d.C., nunca atacou os Templários e vice-versa.
Tb., curiosamente, "assassine" em árabe pode querer dizer "guardião".
De qualquer forma, não é o haxixe que é assassino, os homens é que são!

somebody disse...

酒店經紀人,菲梵酒店經紀,酒店經紀,禮服酒店上班,酒店小姐,便服酒店經紀,酒店打工,酒店寒假打工,酒店經紀,酒店經紀,專業酒店經紀,合法酒店經紀,酒店暑假打工,酒店兼職,便服酒店工作,酒店打工經紀,制服酒店經紀,專業酒店經紀,合法酒店經紀,酒店暑假打工,酒店兼職,便服酒店工作,酒店打工,酒店經紀,制服酒店經紀,酒店經紀